quinta-feira, 9 de outubro de 2008

#26 - Levi Condinho

PENTECOSTES

O rosto oval de um negro
sósia de um mais escuro Milt Jackson -- o do vibrafone / carroussel
e o dela «pálida e loira muito loira e viva»
amorosa círculo aura sem contornos -- Grunewald --¨
entre faces e lábios e mãos trocando-se
axilas venusianas em curvatura flutuante
místicos sonâmbulos
corpo a corpo em sentada reclinação
sobre os degraus do altar lateral
cópula do incenso com a evolução do caril
o órgão e a flauta no alto coro
Telemann(eando) aos quatro ventos do templo
derramando sobre o amor dos amantes
pétalas fulvas de gladíolo
como outrora eu vi
-- eu vi -- nessas claras manhãs de Pentecostes

2 comentários:

claras manhãs disse...

É a primeira vez que aqui entro, Ricardo
não sei porquê, talvez por ser completamente despistada.
Gosto de todos os seus blogs (os que conheço), mas estou completamente e definitivamente apaixonada por este

beijinho

RAA disse...

Obrigadíssimo Minucha! Só agora (1-II-2009) reparei neste seu comentário...
Um abraço.