domingo, 23 de março de 2008

#3 Levi Condinho

DIREITO À PROPRIEDADE


Sou contra a propriedade privada
há no entanto objectos que são mesmo meus
um garrafão de vinho sempre disponível
discos do Bach do Archie Shepp ou do Zappa
o «Pela Estrada Fora» do Jack Kerouac
as «Poesias» de Álvaro de Campos
o «Ulisses» do Joyce
o «Outono em Pequim» do Boris Vian
o «Eros e Civilização» do Marcuse
a «Apresentação do Rosto» do Herberto Helder
os «Trópicos» do Henry Miller
o «Diário de um Ladrão» do Genet etc. etc.
sobretudo sobretudo
os 3 simpáticos companheiros
que tenho no meio das pernas

5 comentários:

Júlia Moura Lopes disse...

:-)

RAA disse...

Viva, Júlia!

T disse...

E o seu cão?

RAA disse...

Olá T.
Do cão do Condinho, não sei.
Do meu, eu é que me sinto, por vezes, propriedade dele...

Júlia Moura Lopes disse...

só quem não tem afectos é completamente livre.Mas paga o preço alto da solidão...